domingo, 2 de março de 2008

ESPERANDO O TREM


A plataforma está vazia.

Apenas eu e um pombo

que também não deve saber

pra onde vai....


Para onde irei agora

desde essa plataforma vazia?

Vazia como está meu coração

que , na verdade quer embarcar

no trem desgovernado

do seu amor.


Mas as portas

estão emperradas, não se abrem.

Não passa o tempo

mas é hora de partir

olho o relógio, parece parado

o tempo não passa....


Melhor eu ir

voltar ao que devo fazer

lustrar os sapatos

desembaçar os óculos

voltar à vida , cotidianamente.

Afinal

Para onde será que esse trem

levaria meu coração aventureiro ?


Há no ar um nevoeiro

eu e um pombo

numa plataforma vazia

Onde foram todos os outros ?


Será que embarcar nesse trem

deve ser essa experiência assim tão solitária ?

Quase meio dia

Estou só !

Irremediavelmente só...

Mal acompanhado

por um pombo que me observa

e não liga para o fato de eu estar

nessa plataforma vazia

esperando...

esperando...


MMartins

02/03/2008

15:00 hs

Um comentário:

zinaz28 disse...

"Falta a paz do teu colo
para o meu cansaço !"
Essa frase com a imagem da plataforma é algo demais de forte.
Esse eterno procurar exaure..sei bem.
Bjo, Zília