sexta-feira, 1 de junho de 2018

SAUDADE




Eu já vi muitos poetas falando sobre saudade
da dor que a danada causa e da sua crueldade
meu resumo é mais miúdo
lembrança de tudo que faz falta de verdade.

Quem tem um pé de saudade no vaso do coração
adubado de lembrança, regado de solidão
vê a raiz se espalhar sem conseguir respirar
vai bater no pulmão.

Saudade é uma inquilina que aluga nossa mente
sem contrato de aluguel sem nos pagar mensalmente
e , ligeiro, se revela que a gente mora nela
e ela mora na gente.

A saudade se espalha na alma feito alergia 
quanto mais a gente coça parece ate que dá cria
Uma doença comum que atinge qualquer um
que já foi feliz um dia.

Há quem viva nessa vida poupando tudo que tem
se preocupando em deixar carro, moto ou outro bem
mas lhe digo uma verdade
bom mesmo é deixar saudade no coração de alguém.

A medicina evolui pro bem da sociedade
vi cientistas curando tudo que é enfermidade
mas, até hoje duvido inventarem 
um comprimido pra aliviar a saudade.

Por mais que seja cruel não age com preconceito
pelo menos nesse ponto admiro seu conceito
baseado em igualdade
Tem todo tipo de saudade pra todo tipo de peito.

Se abrir um coração e revirar pelo avesso 
tem o mapa de um tesouro que ninguém conhece o preço
Tem rua, bairro e cidade
afinal toda saudade, tem um nome e um endereço.

Braulio Bessa
01-jun 2018

segunda-feira, 28 de maio de 2018

A PROXIMA LUA CHEIA.





Uma lua apenas para estar com minha melhor parte
Quando se mostrar cheia novamente…
entregará seu brilho
aos nossos olhos apaixonados 
Linda obra de arte flutuante.

Em sua universal eternidade
embala amores iniciantes, 
encanta poetas
atormenta  "desamantes ".

Entre corações e taças de vinho branco
preenche e liga os caminhos distantes 
se mostrando a mesma 
levando olhares no céu  
ao mesmo ponto brilhante.

Mostra-se de uma magia irresistível
e desde sempre, 
encanta meu coração amante…

A próxima lua cheia… 
iluminará nosso longo 
e silencioso abraço cheio de ardor 
amenizando toda essa saudade crua …
E nossos corpos, juntos novamente, 
celebrando as delicias desse amor,
serão iluminados pela mesma LUA...


Miro Martins

Maio 2018

terça-feira, 15 de maio de 2018

BÊBADO DE EMOÇOES



No alvorecer
Me embriago de pensamentos seus... 
De pensar em você... 
Do que  foi dito... 
Ou não se disse. 

O que ficou nas entrelinhas 
nos silêncios forçados... 
O que aconteceu em outros estados... 
No que a distancia fará com nossos corações, as vezes tão cansados.
No que você viu com olhos iguais aos meus, me mostrou e pouco se sabe 
de outros tantos que só você verá 
e não me cabe... 

Nesse lindo amanhecer
Me embriago de saudade 
do que não estamos vivendo... 
do que seria se pudéssemos...
Bêbado de pensamentos, sensações e emoções me transporto até você
Reconheço sua alma
Meu par de outras vidas 
Minha mulher de tantos lençóis 
Minha amiga de tantas palavras boas 
e desse amor tão maduro...
Menina que brinca em meus olhos
Minha Principessa de um reino futuro. 

Miro Martins
Maio 2018

sábado, 12 de maio de 2018

ONDE TEUS PES ESTARAO ...






Em asas gigantes lá se vai ela 
cada minuto mais distantes
cada momento mais longe daquele balcão
daquelas janelas onde a via diariamente
Passa tão perto de estrelas pelo negro da noite
que a levou flutuante …
imaginada em cada instante 

Depois, em outras terras …
onde vou cravar meu pensamento
tudo novo , por descobrir 
outras pessoas , lugares
um esforço enorme por um futuro esperado
imaginado, parte de um sonho… 

meus olhos seguem
encontrando pontos, vasculhando mapas
ouvindo nossa canção  
passeando virtualmente por onde teus pés 
em breve pisarão…

M Martins - maio de 2018


sexta-feira, 4 de maio de 2018

SOMBRA NO AMANHECER


Nesta linda manha azul
cruzo com tantas pessoas indo apressadas
pra algum lugar que só elas sabem...

Minha sombra afoita
Caminha as ruas antes de mim
enquanto o sol aquece minhas costas .

Também sou alguém indo pra algum lugar
Que só eu sei onde é
E a mais ninguém cabe saber  meus passos
apenas minha sombra afoita
que insiste em se adiantar...

Soltos, meus pensamentos
fazem par ao meu olhar atento ...
A irregularidade das pedras gastas da rua
acomodam minha sombra,
que agora, cansada, ficou para trás nesta curta viagem...

Já fiz o que fui fazer e só eu sei o que foi,
ela, insistente, me acompanha mas só me alcança os pés...
Meu olhar e pensamentos vagueiam por todos os lados
e onde quer que eu olhe há encantamento e tua imagem.

Meu coração apertado
segue pelas ruas fazendo coisas...
existindo, resiliente...
Certo da saudade imensa que virá
e da inevitável dor
Sabe que é preciso seguir
e que não há nada mais importante
do que existir com amor ...

Miro Martins
maio 18

quinta-feira, 29 de março de 2018

EM CACOS



AGORA sou eu               espalhado
por          todos           os          lados
meu coração sem rumo
              PROCURA
o que não quer ser ENCONTRADO
             e sequer vem me procurar...

Sou       CACOS e FRAGMENTOS
jogados pelo cotidiano
                     de ESPERAR !

MM
outono 2018